Sites colaborativos indicam locais ‘honestos’ ou para boicotar em SP

Objetivo de páginas é dar maior poder de escolha ao consumidor.
Apesar de novos, sites já conseguiram grande adesão do público.

Do G1 São Paulo

 
Boicota SP aponta críticas (Foto: Reprodução)
Boicota SP aponta críticas (Foto: Reprodução)

Dois sites colaborativos criados nesta semana buscam cumprir a missão de ajudar o consumidor paulistano a gastar bem seu dinheiro e encontrar bons serviços. Com a ajuda do público, o Boicota SP lista estabelecimentos comercias que cobram preços abusivos. Já o SP Honesta vai no caminho inverso: conta com colaborações para sugerir restaurantes que não pesem no bolso.

Criado por um grupo de amigos, todos publicitários, o Boicota SP foi ao ar na segunda-feira (8) e ganhou adeptos: a página do projeto no Facebook já tem mais de 26 mil curtidas.

De acordo com Camila Kintzel, uma das criadoras do site, a ideia surgiu durante conversas entre amigos sobre os altos preços encontrados na cidade. “Gastamos o dobro ou o triplo quando vamos jantar em relação há três anos atrás”, afirmou.

Segundo ela, os moradores da cidade acreditam que pagar mais caro pode ser um sinal de status e acabam não reclamando dos preços. “Parece que as pessoas estavam com vergonha de falar que tinha alguma coisa errada nos preços em São Paulo. Estamos recebendo muitas sugestões e mensagens de apoio”, contou Camila.

SP Honesta indica preços justos (Foto: Reprodução)
SP Honesta indica preços justos (Foto: Reprodução)

Na página, é possível apontar preços altos em diversos tipos de estabelecimentos, como bares, cafés, museus, lojas, entre outros. De acordo com Camila, algumas das principais reclamações recebidas se referem a estacionamentos com cobranças absurdas.

Lado A
O SP Honesta, que foi criado nesta quinta-feira (11), tomou emprestada a ideia do Boicota SP para dar lugar ao outro lado da questão. “Nosso objetivo é apontar o lado bom da cidade”, afirmou Rebeca de Moraes, jornalista e cofundadora do site.

Ela criou o projeto em parceria com Tatiana Dias, que também é jornalista. O ponto de partida para a ideia foi a dificuldade de encontrar restaurantes com preços justos em São Paulo.

Segundo Rebeca, muitas pessoas já estão sugerindo estabelecimentos próximos da região onde moram. Dessa forma, os criadores esperam que o projeto conseguirá abranger boa parte da cidade. No dia em que foi criada, a página recebeu mais de 70 sugestões e o perfil do projeto no Facebook teve mais de 2 mil curtidas.

Consumidor consciente
Para Camila, os projetos se complementam e colocam o poder na mão do consumidor. De acordo com ela, as iniciativas chamaram a atenção das pessoas, que devem passar a ter um olhar mais crítico sobre o aumento nos preços.

Rebeca acredita que o grande interesse demonstrado pelo público é importante. Segundo ela, isso aponta um consenso de que a cidade de São Paulo está muito cara e de que é preciso mudar esse panorama. “Afinal, todo mundo aprecia uma São Paulo honesta, além de lugares com comida boa e barata”, afirmou.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/04/sites-colaborativos-indicam-locais-honestos-ou-para-boicotar-em-sp.html

http://www.galanteio.com.br

Anúncios

Marcado:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: